AirHelp

Overbooking. Aceitar ou não aceitar vouchers ou regalias em troca do lugar? Eis a questão

50% das pessoas que sofreram perturbações em voos não procedem ao pedido de compensação;

SABIA QUE…

Sabia que os passageiros, se forem impedidos de embarcar no avião devido a um voo lotado, podem ter direito a uma compensação? Se o seu embarque foi recusado a compensação pode ser entre 125 € e 600 € por pessoa (dependendo do destino e da distância do voo). O seu direito a compensação entra em vigor assim que é recusado o embarque. Saiba o que pode fazer caso o seu embarque seja recusado.

Embarque recusado em voos dentro da EU – o que fazer

Não se voluntarie para desistir do seu assento em troca de vouchers ou benefícios – caso se prontifique a abdicar do seu lugar em troca de um reembolso, de um voo alternativo ou de outros benefícios, estará a renunciar ao seu direito de compensação ao abrigo do regulamento (CE) n.º 261/2004;

Guarde bem o seu cartão de embarque e outros documentos de viagem;

Pergunte por que razão lhe negaram o embarque – só estão abrangidas por lei as recusas de embarque contra a sua vontade ou da sua responsabilidade. Por exemplo, não terá direito a ser compensado se aparecer demasiado tarde na porta de embarque, se não tiver a documentação apropriada ou se criar problemas de segurança ou de saúde;
Solicite um voo alternativo para o seu destino – se preferir, pode solicitar um reembolso do seu bilhete e um voo de regresso ao ponto de partida original;

Peça uma compensação por ter visto o seu embarque negado – se for elegível, a companhia aérea deverá pagar uma compensação imediatamente. Além disso, deverá oferecer-lhe um voo alternativo para o destino final ou o reembolso;

Peça à companhia aérea que lhe pague as refeições e bebidas;

Peça à companhia aérea que lhe forneça um quarto de hotel;

Guarde os recibos se tiver de gastar dinheiro extra;

Verifique se a sua recusa de embarque é elegível para compensação.

Embarque recusado em voos dos EUA – o que fazer

Não se voluntarie para desistir de seu assento em troca de vouchers ou regalias;

Guarde bem o seu cartão de embarque e outros documentos de viagem;

Pergunte por que razão lhe negaram o embarque;

Solicite um voo alternativo para o seu destino;

Peça uma compensação por ter visto o seu embarque negado;

Verifique se a recusa de embarque é elegível para compensação.

Recusa de embarque em voos internacionais – o que fazer

Não se voluntarie para desistir de seu assento em troca de vouchers ou regalias;

Guarde o seu cartão de embarque e quaisquer outros documentos de viagem;

Pergunte por que razão lhe negaram o embarque;

Solicite um voo alternativo para o seu destino;

Guarde os seus recibos se tiver que gastar dinheiro extra.

Dicas AirHelp

Câmbios

Trocar dinheiro tem sempre um custo associado. Contudo, é possível que o seu banco tenha taxas de câmbio mais favoráveis. Por isso, certifique-se se existem sucursais ou redes de caixas automáticos (multibancos) no local para onde vai. Recorde-se de que as lojas de câmbio cobram valores excessivamente elevados, pelo que deve evitá-las.

Conheça os seus direitos enquanto passageiro aéreo na plataforma da AirHelp.

* Com o objetivo de reforçar o conhecimento dos viajantes de todo o mundo, a AirHelp escolheu agosto para ser o Mês dos Direitos dos Passageiros Aéreos.

A iniciativa pretende informar e esclarecer dúvidas de como agir perante contratempos causados pelas companhias aéreas ou outros. Para isso, a empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos e líder mundial na obtenção de compensações por perturbações em voos criou uma plataforma que permite aos viajantes estabelecerem ligação com especialistas globais nesta matéria, assim como uma rede de parceiros de comunicação da informação. Em Portugal, a parceria foi estabelecida com os jornais Sol/i.