Sociedade

Queimadas entre as principais causas de incêndios

Entre 1 de janeiro e 15 de agosto registaram-se 7.670 incêndios

Segundo o relatório provisório de incêndios rurais, elaborado pelo Instituto de Conservação da Natureza e da Florestas (ICNF), as queimadas foram a principal causa dos fogos investigados entre 1 de janeiro e 15 de agosto.

Os dados revelam ainda que até 15 de agosto deste ano, 66% dos incêndios deflagraram devido a queimadas e 14% devido a fogo posto.

Segundo o relatório, este ano deflagraram 7.670 incêndios rurais, que destruíram 34.791 hectares. “Destes, a investigação permitiu a atribuição de uma causa para 3.421 fogos”, indica o documento.

No entanto, o número de incêndios registado este ano é o segundo mais baixo dos últimos dez anos.