Vida

E se tivesse de pagar 1500 euros para ir a um casamento?

Nos Estados Unidos, um casal impôs aos convidados que pagassem o casamento de luxo que pretendiam

Organizar um casamento pode ser caro, mas nos Estados unidos, um casal foi mais além e pediu aos convidados que pagassem a sua entrada na festa. E o preço não era baixo: no mínimo teriam de dar 1500 euros.

O casamento acabou por ser cancelado quatro dias antes da data marcada por os convidados se recusarem a pagar a festa.

No orçamento inicial, os noivos tinham 15 mil euros para a festa, mas como a noiva queria um “momento Kim Kardashian”, esse valor ficava aquém do que era necessário porque só o local do casamento custaria 60 mil euros.

Apenas oito dos convidados acederam ao pedido. Também a dama de honor emprestou cinco mil euros aos noivos para a festa enquanto a família do noivo avançou com três mil euros. Mesmo na página GoFundMe, uma plataforma de crowdfunding que os noivos abriram para financiar o casamento, só conseguiram obter 250 euros.

A história deste casal chegou a um grupo nas redes sociais que ridiculariza situações caricatas em casamentos. A prima da noiva partilhou screenshots da conversa que teve com a noiva em que esta dizia ter pedido “especificamente prendas em dinheiro”. “Eu queria apenas ter o meu momento Kim Kardashian e depois continuar a viver a minha vida normalmente”, disse a noiva.

A noiva acabou por apagar a sua rede social, questionando, numa publicação, em que “sociedade horrível” vive. “Eu tenho importância para vocês? Deem-me apenas o dinheiro para o meu casamento”, pode ler-se.