Desporto

Sporting. PGR rejeita pedido de audiência de Bruno de Carvalho

Antigo presidente dos leões tinha pedido uma audiência para poder falar sobre os ataques à Academia de Alcochete, mas acabou por ser remetido para o inquérito.

Bruno de Carvalho solicitou à Procuradoria Geral da República (PGR) uma audiência, por querer esclarecer todas as notícias que o ligam às agressões que ocorreram na Academia de  Alcochete, em meio, assim como para expor queixas e factos do seu conhecimento sobre o sucedido. No entanto, o pedido foi rejeitado, escreve o Jornal Económica esta sexta-feira.

PGR terá remetido Bruno de Carvalho para o inquérito. "Após análise, verificou-se que os factos mencionados pelo requerente para fundamentar o pedido de audiência respeitam a matéria que, como é público, é objeto de inquérito que se encontra em investigação no Ministério Público do DIAP de Lisboa", esclareceu ao Jornal Económico fonte ligada ao processo da PGR.