LifeStyle

8 erros que comete na altura de escolher a roupa interior

A roupa interior que usamos pode fazer toda a diferença na nossa saúde. O site GrandParents, da Associação de Avós Norte-americanos, fez uma lista com os oito erros que cometemos no que diz respeito à escolha da roupa interior e à forma como a usamos.

DR  

1º Erro) Roupa interior demasiado justa: Para além de ficar mal, as cuecas muito justas podem provar irritações na pele e na vagina, principalmente após a menopausa, já que, após este período, as paredes vaginais tendem a ficar mais finas, explica a ginecologista Raquel B. Dardik;

2º Erro) A forma: Se usar uma roupa interior muito justa e ‘subida’, esta pode causar problemas na circulação sanguínea. Explica a médica Donnica Moore. Para além disso, este problema pode causar dormência nos membros;

3º Erro) Tecidos sintéticos e seda: Os especialistas afirmam que pode escolher o material que quiser, desde que a virilha esteja coberta por algodão. “A maioria da roupa anterior deixa o corpo respirar. Desde que a zona vaginal esteja protegida por algodão, não há problema nenhum escolher as cuecas que quiser”, explica Dardik. No entanto, se tem uma pele sensível, opte por deixar de lado os tecidos sintéticos e use seda apenas em ocasiões especiais, diz a especialista. Para além disso, estes dois tecidos são os que menos deixam o organismo ‘respirar’, o que potencia o crescimento de bactérias.

4º Erro) Fio dental: Se costuma ter infeções e irritações na vagina, não use cuecas fio dental. “São um excelente meio de transporte para as bactérias – de frente para trás e vice-versa”, afirma Moore. Mas se nunca teve problemas e sente-se confortável com elas, continue a usá-las, acrescenta a especialista.

5º Erro) Usar roupa interior à noite: É uma questão de gosto, mas a verdade é que se não usarmos roupa interior durante a noite, o corpo consegue ‘respirar’ melhor, explica Moore.

6º Erro) Andar ‘sem nada’ durante o dia: O princípio da noite não se aplica ao dia – as calças ficam demasiado próximas da área vaginal, o que pode gerar irritações. “Se estiver a usar saias ou vestidos, não há nada que absorva a humidade vaginal, esse desequilíbrio pode levar a irritações na pele”, diz Dardik.

7º Erro) Roupa interior suada: Os especialistas aconselham as pessoas que têm tendência a suar muito a trocar a roupa interior pelo menos duas vezes por dia. “O ambiente quente e húmido é perfeito para o desenvolvimento de bactérias”, explica Moore.

8º Erro) Usar um detergente qualquer: “A principal causa das irritações na zona vaginal é o detergente da roupa. Os tecidos com que as suas cuecas entram em contacto são muito mais sensíveis do que o seu cotovelo”, diz Moore. Por isso, preste atenção ao detergente que usa e opte por produtos hipoalergénicos.

 

Para ler o artigo original (em inglês), clique aqui.