Economia

Combustíveis. Preços sobem, mas é o gasóleo o mais penalizado

A subida mais acentuada será no diesel, cujo aumento irá rondar 1,5 cêntimos por litro.

Os preços dos combustíveis vão voltar a subir a partir desta segunda-feira. A gasolina deverá aumentar 0,5 cêntimos, passando a custar para 1,6 euros por cada litro, o que corresponde ao valor mais elevado desde o final de maio. No caso do gasóleo o aumento será mais expressivo: 1,5 cêntimos por litro. A confirmar-se esta evolução, este combustível sentirá o maior aumento semanal desde a última semana de maio.

O preço do litro do gasóleo simples deverá assim aumentar para 1,379 euros, tendo em conta os preços médios atualmente praticados em Portugal, segundo os dados da Direção Geral de Energia.

No entanto, a evolução dos custos depende de cada posto de abastecimento, da marca e da zona onde se encontra.
Mas a verdade é que os dados não são animadores. O último relatório de Bruxelas mostra que, depois de impostos, o preço médio da gasolina 95 praticado em Portugal é o quinto mais caro em toda a UE. Já o gasóleo ocupa a 10ª posição entre os países do espaço comunitário. Os mesmos dados mostram que a fiscalidade é o fator que mais pesa nos preços dos combustíveis em Portugal.

Sobretaxa penaliza 

Face a este cenários de subidas, em julho, a presidente do CDS-PP desafiou os partidos a revogar o adicional de imposto sobre os combustíveis. Mas a proposta  acabou por ser chumbada na Assembleia da República. A ideia era que a medida tivesse efeitos a partir de 1 de janeiro, já com o orçamento de Estado do próximo ano. 

Durante a ação de campanha. Assunção Cristas acusou o governo de ter criado um falso imposto neutro. “Sabemos que não podemos fazer a eliminação total do imposto, mas podemos eliminar a sobretaxa criada em 2016, já que foi uma promessa desde governo que seria um imposto neutro para o bolso das pessoas”, revelou. 

Truques

Com os preços dos combustíveis a atingir recordes, principalmente no caso da gasolina, nada melhor do que seguir algumas regras de ouro que podem fazer toda a diferença no momento em que está a abastecer o seu veículo. Além de analisar o valor –  analise as várias ofertas para conseguir abastecer num sítio mais económico – deve escolher a altura certa para o fazer. O ideal é ser de manhã cedo ou à noite, pois são consideradas as melhoras alturas já que a temperatura está mais fresca. Ou seja, o combustível está mais denso e como paga por cada litro de gasolina estará a abastecer mais e a pagar menos.

Por outro lado, controle a velocidade. A explicação é simples: se conduz a alta velocidade o seu carro consome combustível mais rapidamente. Desta forma, opte por conduzir mais devagar para poupar. E tenha a manutenção em dia, pois terá uma performance mais eficaz com consumos menores.

Tenha  também em atenção o uso do ar condicionado – não esteja constantemente a ligar e a desligar o ar, pois isso consome mais combustível – e sempre que possível prefira locais com sombra, uma vez que, estacionar ao sol favorece a evaporação do combustível.