Internacional

Macron baixa na popularidade e ultrapassa mínimos de Hollande

O Presidente francês desceu cerca de 10 pontos na popularidade, estando nos 31%

 

Os franceses não estão contentes com a prestação de Emmanuel Macron. Segundo uma pesquisa feita pelo instituto Ifop-Fiducial, apenas 31% dos cidadãos inquiridos mostram estar satisfeitos com a prestação do chefe de Estado.

Este é o nível mais baixo de popularidade que Macron enfrenta desde que foi eleito. E chega a ultrapassar, pela negativa, a percentagem de franceses que estavam satisfeitos com o seu antecessor, François Hollande, que tinha atingido os 32% de popularidade.

A descida ronda os dez pontos e pode estar associada ao escândalo que envolveu o agente de segurança do Palácio do Eliseu, Alexandre Benalla – tornado públicoem julho – e pela demissão do ministro da ecologia, Nicolau Hulot. O ex-ministro mostrou-se insatisfeito com os obstáculos colocados aos objetivos que defendia para as políticas ambientais.

Outra razão que pode justificar a baixa popularidade prende-se com a falta de decisões sobre as questões fiscais relacionadas com amortizações imobiliárias. Para a Ifop-Fidicual, também a personalidade do presidente francês não tem agradado aos franceses.