Sociedade

Encontrados dois linces mortos no Vale do Guadiana

Animais foram encontrados mortos numa charca de rega de olival na passada quinta-feira

Dois dos linces que pertenciam ao núcleo de linces do Vale do Guadiana foram encontrados, na passada quinta-feira, mortos numa charca de rega de olival.

As fêmeas Malva e Oriana foram descobertas já mortas durante uma ação de monitorização do núcleo reprodutor de linces do Vale do Guadiana. A primeira tinha três anos de idade e a outra, uma das crias de Malva, tinha apenas um ano.

"Apesar da preocupação demonstrada pelo proprietário na disponibilização de meios de fuga da charca referenciada, o repentino abaixamento das águas, devido à rega, tornou inacessível a rampa, resultando neste acidente", referiu o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

No entanto, apesar do incidente, o ICNF garante que "a população de linces do Vale do Guadiana está em expansão territorial e populacional, tendo este ano nascido pelo menos 23 crias em estado selvagem".