Sociedade

Caso de violação no Seixal. População ameaça fazer justiça pelas próprias mãos

Apelo foi lançado nas redes sociais 

A PSP deteve, esta terça-feira, o homem suspeito de raptado uma menina de sete anos na zona de Amora, Seixal. O suspeito, Virgílio Mendonça, foi levado para a esquadra da Cruz de Pau, onde foi recebido por dezenas de populares enfurecidos que, queriam fazer justiça pelas suas próprias mãos. Foi até lançado um apelo nas redes sociais para que seja feita justiça pelas próprias mãos.

À porta da esquadra, quando saiu da viatura, Virgílio Mendonça foi recebido por insultos e ameaças de várias pessoas.

O suspeito de 39 anos não ofereceu resistência às autoridades na hora da detenção, segundo o Correio da Manhã. De acordo com o jornal, o relatório médico, revelado hoje, confirma que a menina foi vítima de abusos sexuais.

A menina esteve desaparecida 11 horas – entre as 18h00 de sábado e as 5h00 de domingo – tendo sido encontrada por um popular junto ao Estádio Medideira.

Habitantes da zona disseram ao CM que o suspeito é conhecido por ter problemas de alcoolismo e que esta não é a primeira vez que tinha tentado levar uma criança do parque.