Sociedade

Quiaios. Homem acusado de matar mulher detido preventivamente em hospital prisão

Crime ocorreu há cerca de uma semana em Quiaios, na Figueira da Foz. 

O homem que está acusado de matar a mulher a tiro, há uma semana, em Quiaios, na Figueira da Foz, irá aguardar julgamento com a medida de coação mais gravosa. No entanto, em vez de ficar em prisão preventiva, ficará internado num hospital prisão. 

O crime aconteceu há uma semana, no dia 28 de agosto, e o alerta foi dado às autoridades pelo filho do casal que ouviu os disparos e, quando estava a sair de casa, encontrou a mãe morta.

O homem, acusado de homicídio, esteve em fuga durante mais de 24 horas, tendo sido capturado na quinta-feira dessa semana na casa que era dos seus pais e onde as autoridades já tinham estado a realizar buscas para o encontrar. 

A GNR deteve o homem após o seu irmão ter feito uma denúncia.