Vida

Ator Kevin Spacey não vai ser processado após queixa de abuso sexual

Os representantes da Procuradoria de Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos, informaram esta terça-feira, dia 4, que Kevin Spacey não será acusado formalmente

Os representantes da Procuradoria de Los Angeles informaram ontem, terça-feira, que Kevin Spacey não vai ser acusado formalmente após ter sido alvo de uma queixa de abuso sexual.

O caso remonta a outubro de 1992 e, de acordo com a revista Variety, as leis da Califórnia dizem que o alegado crime já prescreveu e, portanto, o processo não vai seguir para a frente.

O caso foi revelado este ano, no mês de abril, pouco tempo depois de o ator ter sido acusado, por várias mulheres, de assédio e abuso sexual ao longo dos anos.

A Procuradoria refere que a acusação surgiu fora do estatuto de limitações e que, por isso, a acusação formal acabou por ser rejeitada.

Kevin Spacey continua sob investigação pelos alegados crimes de assédio e abuso sexual em Hollywood.