Internacional

Cadela foi espancada até à morte por reclusos

Os responsáveis pela morte do animal ainda não foram identificados.

Evie, uma cadela de quatro anos, inserida num programa de reabilitação para prisioneiros, foi espancada até à morte por reclusos de uma prisão em Ohio, EUA.

De acordo com o Daily Mail, Evie acabou por não resistir a várias hemorragias internas no estômago, no fígado e nos rins.

A cadela havia sido resgatada pela instituição Joseph’s Legacy, que tinha uma parceria com várias prisões. A ideia consistia em incluir os animais resgatados no programa de reabilitação dos prisioneiros, mas também dos próprios animais. O tempo dos reclusos era utilizado para treinar e passar tempo com eles, de forma a ajudá-los a ultrapassar alguns traumas.

Os voluntários da instituição anunciaram a morte de Evie, através das redes sociais, e mostraram-se “extremamente chateados” com a situação, garantindo que farão “justiça”.

"Nós removemos todos os nossos cães deste programa e não voltaremos", acrescentaram, informando ainda que nunca havia ocorrido um caso destes anteriormente.

"A Evie veio até nós em 2015, quando estava a sofrer de uma fratura no quadril. Ela havia sido atropelada por um carro e durante semanas deixou as suas próprias necessidades de lado enquanto cuidava dos seus filhotes (...) Passou por uma cirurgia e mais tarde revelou um lado atrevido ao entrar em Middletown, Ohio”, explicou a Joseph’s Legacy.

Os responsáveis pela morte do animal ainda não foram identificados.