Internacional

Caso Skripal. Reino Unido pede reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU

Londres pediu, esta quarta-feira, uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU, depois de terem sido emitidos mandados de captura para dois agentes dos serviços secretos militares russos, que foram acusados pelas autoridades britânicas do ataque a Sergei Skripal com gás Novichok, no Reino Unido.

A reunião deverá realizar-se já amanhã, quinta-feira, e tem como objetivo que Londres meta os seus parceiros do Conselho de Segurança da ONU a par dos últimos desenvolvimentos do caso de envenenamento com do ex-espião russo da filha, a 4 de março deste ano, em Salisbury, sudoeste de Inglaterra, indicou em comunicado a embaixadora britânica na ONU, Karen Pierce.

Recorde-se que na manhã desta quarta-feira, a primeira-ministra britânica, Theresa May, acusou os serviços secretos militares russos da autoria da tentativa de homicídio a substância neurotóxica Novichok.