Vida

Jovem obrigada a amputar dedo após desenvolver cancro raro por roer as unhas | FOTO

Courtney Whithor ainda não sabe se terá, ou não, de amputar mais dedos

Courtney Whithorn, uma jovem australiana de apenas 20 anos, viu-se obrigada a amputar a ponta do dedo após ter desenvolvido um tipo de cancro raro por roer as unhas diariamente, escreve o Daily Mail.

A jovem conta que este vício foi sendo desenvolvido ao longo dos anos por ter sofrido, durante a infância, de bullying, e revela ainda que este se tornou tão grave que uma vez chegou mesmo a roer uma unha inteira.

Nessa altura, em 2014, a unha nasceu com um tom preto, algo que tentava esconder a todo custo, por ter vergonha. Passados quatro anos, Courtney decidiu ir ao médico e descobriu que tinha desenvolvido uma rara forma de cancro - melanoma acral lentiginoso subungueal.

A jovem foi submetida a uma primeira cirurgia para remover o tumor, mas uma semana depois soube que a operação não tinha surtido o suposto efeito, e teria mesmo de amputar o dedo.

Neste momento, está à espera de saber se a amputação foi suficiente ou se terá de se submeter a uma nova amputação.