Desporto

Cantona: "Treinador do Man. United devia ser Guardiola"

Antiga lenda dos red devils até diz simpatizar com José Mourinho, mas não considera atrativo o estilo de jogo preconizado pelo técnico português

Mais uma voz reputada no universo do Manchester United a tecer considerações pouco abonatórias para José Mourinho. Desta feita, é Eric Cantona, uma das maiores figuras dos red devils na década de 90, a criticar o estilo de jogo preconizado pelo treinador português... com quem até diz simpatizar.

"Mourinho põe a equipa a jogar de uma forma que não agrada aos adeptos. Não há alegria nem criatividade. O futebol do United não é bom, mas ainda estamos no início de época… É cedo demais para tirar conclusões. O Manchester United será sempre um grande e fantástico clube. Vão conquistar títulos, não tenho dúvidas. Mas, repito, a forma como jogam não é boa", salientou o antigo avançado francês em declarações ao "Daily Mail". "Gosto de Mourinho, tem uma boa personalidade, mas não é a pessoa certa para treinar o United", completou.

Para Cantona, o treinador ideal para os diabos vermelhos era mesmo... Pep Guardiola, precisamente o homem que orienta o arquirrival Manchester City. "O treinador devia ser Guardiola, mas ele está a fazer magia noutro clube. No clube que não posso mencionar", atirou, entre risos, continuando no mesmo tom: "O City está a praticar um futebol fantástico. Creio que Guardiola devia treinar o United porque ele é o filho espiritual de Johan Cruyff no Barcelona e aprendeu tudo com ele. É o único que pode treinar o United... Bem, o único para além de mim. Gosto de treinar. Se me chamassem, eu ia; sabem onde estou. Comigo, a equipa voltaria a jogar um futebol criativo. Seria ótimo para os adeptos, como no tempo de Alex Ferguson, Ele deixava que os jogadores fossem criativos. Com ele, todos nos sentíamos especiais e amados. Era um bom homem, um bom líder."