Cultura

Governo vai atribuir 50 mil euros a projetos de integração LGBTI

As organizações podem candidatar-se até ao fim de setembro recebem cada projeto, no máximo, oito mil euros

Governo tem 50 mil euros destinados para apoiar as atividades de organizações não-governamentais que trabalhem com a comunidade LGBTI (Lésbica, Gay, Bissexual, Transexual e Intersexo).

As organizações podem candidatar-se até dia 30 de setembro sendo que cada uma poderá receber até oito mil euros. Este apoio é exclusivo para as organizações e associações que trabalhem com a comunidade LGBTI.

“Este ano decidi, atendendo à importância do trabalho destes coletivos, afirmar o reforço da capacitação”, disse à Lusa Rosa Monteiro, secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade, recordando que no ano passado havia “uma pequena subvenção” de 30 mil euros que também podia ser requerida por outras organizações. O valor subiu para 50 mil euros, sendo que cada projeto pode receber até oito mil euros.

O apoio direto a pessoas LGBTI, a elaboração de materiais para profissionais, as ações de formação ou sensibilização ou os estudos e investigações científicas são alguns exemplos os projetos que poderão ser submetidos a concurso.

 Este projeto está incluído na Estratégia Nacional para a Igualdade e Não Discriminação – Portugal +Igual (2018-2030).