Politica

Marcelo diz estarem a ser criadas condições de emprego para jovens

O Presidente da República  afirma que Portugal está em “crescimento económico”

Marcelo Rebelo de Sousa falou esta terça-feira em Braga, sobre a criação de condições "para os mais jovens também entrarem"  no mercado de trabalho, uma vez que Portugal regista de momento um “crescimento económico”. No entanto, sublinha que os tipos de emprego são agora “diferentes”.

“Nós estamos com o crescimento económico e com a criação de emprego a criar condições para os mais jovens também entrarem, mas entram num tipo de emprego diferente", declarou o Presidente da República, fazendo referência ao relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que foi hoje divulgado. No relatório pode ver-se que 15,2% dos jovens entre os 18 e os 24 anos deixaram de estudar e não estão a trabalhar, ou seja, são os tais “nem-nem”.

Portugal demonstra assim valores preocupantes, por se encontrarem acima da média da União Europeia, que é 14,3%. 

"Olhemos para as estatísticas com cuidado e veremos que [os jovens] têm microempresas, têm iniciativas sociais, estão ligados a ONG, estão em movimentos locais ou cívicos. Dir-me-á: não é um trabalho clássico? Não é. Mas é uma forma de intervenção social e cívica, é diferente, há uma mudança em curso", disse o chefe de Estado.