Sociedade

Tempestade Helene pode atingir continente na segunda-feira

Afinal, os efeitos da tempestade tropical Helene - que deverá chegar aos Açores já amanhã, pode ainda atingir o continente na segunda-feira, mas apenas sob a forma de agitação marítima.

“Podemos sentir alguns efeitos no dia 17, segunda-feira. Pode haver um aumento da agitação marítima na faixa costeira ocidental e na Madeira, mas com a informação que temos neste momento pode aumentar para os 3 ou 3,5 metros", avançou esta sexta-feira à agência Lusa a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Patrícia Gomes.

"Normalmente emitimos aviso amarelo para agitação marítima para alturas superiores a 4 metros", disse ainda.

De acordo com o IPMA, só ao longo do fim de semana é que se devem sentir os efeitos da tempestade: "Neste momento temos cinco perturbações tropicais no Atlântico: o Florence, que atingiu a costa leste dos Estados Unidos, a tempestade Joyce, a tempestade Isaac e a Helene, que baixou de categoria para tempestade tropical, e uma perturbação no Golfo do México que não irá evoluir para tempestade tropical. Estas perturbações tropicais no Atlântico acabam por dar alguma incerteza até aos próprios modelos de escala global que funcionam muito bem, mas que quando existem estas perturbações já precisam de mais tempo para afinar", referiu Patrícia Gomes.