Desporto

Serena Williams não vai pedir desculpas ao árbitro

A tenista falou pela primeira vez do que se passou na final do US Open e garante que não vai pedir desculpa

Depois da polémica à volta do comportamento de Serena Williams na final da US Open, a tenista quebrou o silêncio e afirmou que não tenciona pedir desculpas ao árbitro Carlos Ramos.

Para além de ter acusado o árbitro de ser “ladrão” e “mentiroso”, Serena Williams acusou-o também de sexismo e de lhe ter aplicado a terceira falta – que custou o jogo a Williams – só por ser mulher.

No entanto, Serena Williams garantiu que não tem intenções de pedir desculpa ao juiz português nem pelas palavras que lhe disse durante o jogo, nem pelas acusações se sexismo que fez na conferência de imprensa.

“Continuo sem entender. A verdade é que nós enquanto mulheres só podemos fazer metade do que os homens fazem dentro de um court de ténis”, disse a tenista numa entrevista ao programa australiano The Project.