Desporto

Pirata informático que ‘roubou’ Benfica foi colega de comentador do FC Porto

Antigo colega de hacker escreveu livro sobre emails do Benfica com Francisco J. Marques


Rui Pinto, o hacker que terá acedido e revelado emails do Benfica, foi colega de curso do comentador do FC Porto Diogo Faria que escreveu, em co-autoria com Francisco J. Marques, o livro ‘Polvo Encarnado’.

O jovem natural de Gaia e o comentador portista entraram em 2008 na Faculdade de Letras do Porto, onde ambos frequentavam o curso de História.

Confrontado com esta informação, Diogo Faria escreveu um post no Facebook, sublinhando que não deve “explicações a ninguém, muito menos a toupeirinhas avençadas”. Contudo, no mesmo texto admite que conhece Rui Pinto, mas garante: “Nunca fomos amigos”.

O comentador do FC Porto fez ainda questão de sublinhar que a turma de ambos tinha mais de cem alunos. "Não o vejo há 5 ou 6 anos e neste período nunca contactei com ele", acrescentou.

Diogo Faria escreve ainda que não sabe se as acusações que o apontam como hacker têm ou não fundamento.