LifeStyle

O uso excessivo do telemóvel pode estar a prejudicar o seu cão

Ao ignorar o seu animal de estimação por estar ao telemóvel pode estar a fazer com que o seu cão se sinta só e isolado

Sabia que o seu telemóvel pode estar a prejudicar a relação com o seu cão? Segundo Iain Booth, veterinário cirurgião e fundador da associação VetUK, ao darmos mais atenção aos telemóveis do que aos animais de estimação – principalmente os cães – podemos estar a fazer com que estes se sintam abandonados e isolados.

O veterinário explicou, à publicação britânica Metro, que “esta dependência tecnológica afeta sobretudo os cães, e não os gatos, porque os primeiros são animais de matilha. E esperam que o seu humano os oriente, comande e assegure”.

“Para entendermos o que se passa é necessário termos em conta os princípios básicos de como os cães interagem física e emocionalmente com os humanos”: Os donos são, para o animal, os líderes da matilha. “É você quem administra todas as facetas da sua vida – que o alimenta, o leva a passear, lhe diz onde pode estar e ir, e com quem brinca, mas se está constantemente a olhar para o telemóvel dá-se uma rutura nessa conexão vital", explica.

Este tipo de comportamentos – repetido durante anos – pode mesmo causar problemas comportamentais ao seu animal de estimação. “Pense e veja que faz sentido: o seu cão está a pedir-lhe atenção e você está demasiado focado a olhar para o ecrã, o animal irá certamente ficar confuso, aflito e angustiado”, alerta Booth.