Sociedade

Taxistas em protesto pelo terceiro dia consecutivo

Os táxis estão em protesto contra a entrada em vigor, a 1 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte que operam em Portugal

Esta sexta-feira, as duas faixas ‘Bus’ da Avenida da Liberdade, em Lisboa, continuam preenchidas por táxis, naquele que já é o terceiro dia consecutivo do protesto contra a entrada em vigor, a 1 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte que operam em Portugal.

Além de Lisboa, também em Faro e no Porto continua o protesto, que se iniciou na última quarta-feira.

Mesmo depois de serem recebidos por grupos parlamentares no primeiro dia de protesto, as exigências do taxistas não  foram acedidas, assim, o setor continua a manifestação até que o Governo mostre que quer negociar.

Recorde-se que, ontem, o Presidente da República mostrou disponibilidade para receber os taxistas, encontro que acontecerá na próxima segunda-feira. Até lá, os taxistas afirmam que vão permanecer em protesto.

Os táxis estão em protesto contra a entrada em vigor, a 1 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte que operam em Portugal: Uber, Cabify, Taxify e Chaffeur Privé.