Sociedade

PJ detém bombeiro responsável pelos incêndios do Sabugal

O homem de 30 anos deverá ficar em prisão domiciliária a aguardar julgamento

A Polícia Judiciária deteve esta quarta-feira um bombeiro suspeito de ter cometido seis crimes de incêndio.

Segundo um comunicado do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, o bombeiro tem 30 anos e terá agido num “quadro de alegado transtorno e vergonha”.

Os crimes foram levados a cabo no concelho do Sabugal, nas localidades de Teixedas, Cardeal, Cró, Alagoas/Amiais, Pousafoles do Bispo e Malcata.

O homem confessou a autoria dos crimes que resultaram em vários incêndios florestais no concelho e deverá ficar em prisão domiciliária a aguardar julgamento.

A detenção esteve a cabo do Departamento de Investigação Criminal da Guarda em colaboração com a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Sabugal.