Politica

Ministro só pode ir à comissão de Saúde em fevereiro

Governante informa que não tem agenda

 

O presidente da comissão parlamentar de Saúde, Matos Rosa, revelou esta quarta-feira aos jornalistas que o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, informou a comissão que não teria agenda para ser ouvido no próximo dia 17 de outubro.

"Fiquei surpreso quando o ministro nos transmitiu que não poderia vir até ao final do ano. Só poderia vir no princípio de fevereiro", explicou aos jornalistas o também deputado social-democrata.

O parlamentar explicou que esta recusa será avaliada amanhã pelos deputados e espera que o ministro reconsidere. "Os portugueses estão a passar um mau bocado", defendeu o deputado aludindo aos problemas no setor.

Para Matos Rosa se o ministro não responder afirmativamente e aceitar vir à comissão de Saúde, então, a solução passará por falar com o presidente do Parlamento, sustentando que o ministro "não pretende vir a uma audição prevista na lei".