Sociedade

Bombeiro foi detido por ser suspeito de atear fogo em VIla Velha de Ródão

O homem já foi presente ao primeiro interrogatório judicial e foi-lhe aplicada a medida de coação preventiva.

Um bombeiro, de 44 anos, foi detido por ser suspeito de atear o incêndio que, no passado dia 20, lavrou no concelho de Vila Velha de Ródão, anunciou a Polícia Judiciária (PJ), esta quinta-feira.

"Por volta das 10h30, o suspeito, usando chama direta, colocou um foco de incêndio numa zona de pinhal, progredindo rapidamente, tendo consumido cerca de 30 mil metros quadrados de mato, eucalipto e pinheiro bravo", lê-se num comunicado da Diretoria do Centro da PJ, citado pelo Correio da Manhã.

Caso não tivesse havido uma intervenção rápida dos meios de combate, a PJ refere que as proporções do incêndio teriam sido muito mais gravosas.

"A atuação do suspeito colocou em perigo a integridade física e a vida de pessoas, bem como uma grande mancha florestal, zonas agrícolas e habitações", acrescentaram.

O homem já foi presente ao primeiro interrogatório judicial e foi-lhe aplicada a medida de coação preventiva.