Desporto

Federação não se opõe a eventual efeito suspensivo do recurso do Benfica

'Águias' entregaram hoje um recurso no TAD a impugnar o castigo de um jogo à porta fechada

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF), citada pela Lusa, informou esta quinta-feira que não se opõe ao eventual efeito suspensivo do recurso do Benfica a impugnar o castigo de um jogo à porta fechada.

As ‘águias’ entregaram hoje um recurso no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), com o objetivo de impugnar o castigo de um jogo à porta fechada. O clube informou ainda, através de um comunicado, que irá iniciar a venda de bilhetes para o Clássico com o FC Porto, antevendo uma decisão favorável do tribunal.

"A Sport Lisboa e Benfica - Futebol, SAD informa que, analisado o Acórdão da Federação Portuguesa de Futebol que confirmou a aplicação do castigo de um jogo à porta fechada no Estádio da Luz, interpôs e já entregou o recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) a impugnar a decisão e a requerer o decretamento de providência cautelar suspensiva dos efeitos do Acórdão”, lia-se no comunicado.

A fonte da FPF confirmou ainda que o organismo já tinha sido citado pelo TAD do recurso do Benfica e que já tinha indicado o árbitro.