Economia

Aumentos na Função Pública estão em discussão para o OE

Carlos César assumiu que existe uma proposta para aumentar os salários mais baixos

Nas negociações para o Orçamento do Estado (OE) para 2019, o governo já tem em cima da mesa propostas para aumento dos salários da Função Pública.

A proposta foi assumida por Carlos César, líder parlamentar do PS, noticia o Público, e a medida não é nova. À semelhança do que Manuela Ferreira Leite sugeriu quando era ministra das Finanças, em 2003, o governo está a pensar aumentar os funcionários que recebam salários mais baixos. Na altura Ferreira Leite avançou com o limite a rondar os mil euros, mas desta vez ainda não há um valor avançado pelo governo.

Caso o executivo de António Costa opte pelos mesmos valores, este aumento irá abranger 35% do total dos trabalhadores das administrações públicas – tanto central como regional e local. Irá atingir principalmente, tendo com base dados da Direção-Geral da Administração e do Emprego Público – publicados em junho deste ano –, assistentes técnicos, assistentes operacionais, bombeiros e polícias municipais.

Fonte oficial do Ministério das Finanças avançou ao Público que não iria comentar assuntos relacionados com as negociações do OE.