Sociedade

Munícipes de Vila Nova da Gaia vão deixar de pagar taxa de lixo

A medida irá custar à autarquia cerca de quatro milhões de euros por ano

A taxa do lixo vai deixar de ser paga pelos munícipes de Vila Nova de Gaia depois de a Câmara assumir o valor nas contas municipais

Esta medida vai custar aos cofres da câmara de Gaia cerca de quatro milhões de euros por ano. Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da autarquia, garantiu à Lusa que a medida vai ser aplicada já em 2019 e demorará dois anos a estar em prática. No próximo ano o custo será de cerca de um terço do total previsto, que aumentará progressivamente em 2020.

"Até aqui, paga taxa de resíduos sólidos quem mais consome água, mesmo que não produza lixo nenhum. A nossa perspetiva é, entre 2019 e 2020, ter grande parte da taxa de resíduos sólidos incorporada na conta da câmara e, desta forma, repercutir nos cidadãos a melhoria da situação financeira do município", explicou o autarca.

A medida, que "significa uma redução da fatura, não por via da redução do preço do metro cúbico de água, mas por via da redução da imputação de uma taxa", foi anunciada à margem do fórum internacional GTM que decorre em Gaia até domingo e que tem como principal tema a água e o desenvolvimento sustentável.