Sociedade

Praxes. Alunos da Universidade da Beira Interior foram levados para a serra à noite e agredidos com pás

Ter-se-á tratado de um ritual de praxe


Um aluno da Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, apresentou queixa à faculdade após ter sido vítima de uma praxe violenta.

O estudante terá sido levado, juntamente com outros alunos do curso de Ciências Biomédicas, para a Serra da Estrela durante a noite, terá sido obrigado a despir-se, a colocar-se de gatas e, posteriormente, agredido com pás.

Depois de tudo ter acontecido, terá sido feito um pacto de silêncio entre os alunos agredidos e os agressores - um grupo constituído por apenas rapazes.

À TVI, a UBI confirmou a queixa feita por parte de um dos alunos que esteve presente na praxe. A universidade disse ainda que vai proceder a uma investigação interna, mas que será feita também uma queixa ao Ministério Público.

Recorde-se que este caso surge cerca de uma semana depois de o Bloco de Esquerda ter denunciado uma praxe que considerou ser abusiva e que aconteceu na Universidade de Évora.