Desporto

“Dá-nos vontade de rir”, PSG desmente interesse em Ronaldo

Franceses afirmam que não poderiam fazer tal investimento e que a contratação do craque não encaixaria nos planos desportivos do clube.


O Paris Saint-Germain desmentiu as informações avançadas ontem, domingo, pelo jornal espanhol El Mundo, que escrevia que o clube francês teria equacionado avançar para a contratação de Cristiano Ronaldo.

A notícia revelava que o plano do Paris Saint-Germain passava por formalizar uma proposta por Cristiano Ronaldo no último dia do defeso, de forma a que o Real Madrid não tivesse tempo de ‘contra-atacar.

O jornal espanhol Marca que cita “voz autorizada” - do conjunto parisiense -, e assegura que “é rotundamente falso que o clube equacionasse esta operação, e muito menos nestes termos”: “É uma loucura e só nos dá vontade de rir”.

O clube francês alega que seria impossível pagar ao Real Madrid os 100 milhões de euros que a Juventus pagou, uma vez que a UEFA se encontrava a investigar o clube por possível incumprimento do fair-play financeiro - fruto dos cerca de 400 milhões de euros nas contratações de Neymar e Mbappé.

Além disso, o Paris Saint-Germain refere que a contratação não fazia sentido, uma vez que juntar Cristiano Ronaldo e Neymar na mesma equipa não era um bom plano desportivo para o clube.