Internacional

Foto de Emmanuel Macron gera polémica

A fotografia está a ser partilhada pelos adversários políticos do presidente francês

O presidente francês Emmanuel Macron está a ser criticado por causa de uma fotografia que tirou durante a visita à ilha franco-holandesa se Saint-Martin, nas Caraíbas. E tudo por causa de um dedo.

Na fotografia, Macron aparece ao lado de dois jovens sendo que um deles tem o dedo do meio levantado – num gesto considerado ofensivo.

Emmanuel Macron já veio defender-se das criticas dizendo que a fotografia foi partilhada sem contexto. “Respeito todos os filhos da República independentemente dos seus problemas”, disse o presidente partilhando a história do jovem que tinha sido libertado recentemente da prisão. Macron conta ainda que os dois jovens levaram uma “rapariga com uma deficiência física” ao encontro do presidente.

“Esta é a nossa República”, reforço Macron, acrescentando “que confiava neles, que os respeitava”.

No entanto as justificações não satisfazem Marine Le Pen, líder da extrema-direita francesa, que partilhou a fotografia nas redes sociais dizendo que “não há palavras para expressar a nossa indignação. França não merece isto. É imperdoável”. Também Valerie Boyer, membro do partido de direita Os Republicanos deixou um recado a Macron: “Comporte-se, Sr. Presidente”.

A visita do presidente francês pretendia marcar o aniversário do dia em que o furacão atingiu a ilha. Macron mostrou-se indignado com os atrasos nos trabalhos de reconstrução das casas afetadas.