Internacional

Quase 2.000 pessoas morreram após sismo e tsunami na Indonésia

Número de vítimas mortais continua a aumentar

O número de vítimas mortais do sismo seguido de tsunami nas Celebes, Indonésia, continua a aumentar. Quase duas mil pessoas morreram, de acordo com o último balanço oficial.

"O número deve voltar a subir, uma vez que ainda não recebemos ordens para terminar as operações de busca", disse Muhammad Thorir, o porta-voz do exército local, citado pela AFP.

Na cidade de Palu e arredores pelo menos 1.944 pessoas foram encontradas mortas. As autoridades disseram que estariam desaparecidas cerca de 5.000 pessoas, presas nos escombros, mas admitem que a esperança de as encontrar com vida é cada vez menor.

Recorde-se que, no dia 28 de setembro, as Celebes foram atingidas por um sismo de magnitude 7,5 na escala de Richter, seguido de um tsunami.

Neste momento, de acordo com a ONU, 200.000 pessoas precisam de assistência humanitária urgente.