Sociedade

Testes ao VIH/Sida e hepatites estão disponíveis em farmácias a partir desta quarta-feira

Perante um resultado reativo, que pode não ser positivo, a farmácia ou o utente podem entrar em contacto com a linha SNS que fará o encaminhamento para o hospital escolhido pelo doente.


Já pode adquirir os primeiros testes rápidos de rastreio VIH/Sida e dos vírus da hepatite em farmácias. A partir desta quarta-feira, estes começam a estar disponíveis em farmácias de Cascais e serão posteriormente alargados a outras zonas do país.

A informação foi dada pelo secretário Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, em declarações à Lusa, que, conjuntamente com o diretor executivo do programa da ONU para o HIV, Tim Martineau, irá visitar uma farmácia de Alcabideche, em Cascais, esta tarde, onde estão disponíveis os testes rápidos de rastreio.

A formação nas farmácias de Cascais foi ministrada pela Ordem dos Farmacêuticos e permite que os profissionais possam estar preparados para não realizar os testes, como também aconselhar e identificar fatores de risco.

Perante um resultado reativo, que pode não ser positivo, a farmácia ou o utente podem entrar em contacto com a linha SNS que fará o encaminhamento para o hospital escolhido pelo doente.

Fernando Araújo lembrou ainda que existe o objetivo por parte do Ministério da Saúde de, até final do ano, ser possível comprar estes testes nas farmácias e realizá-los em casa e salientou que Portugal tem assistido a uma redução da incidência da doença, mas que continua com um número de casos superior à média europeia.