Politica

Costa: Orçamento terá incentivo para o regresso de emigrantes

O primeiro-ministro garantiu no debate quinzenal que os incentivos vão estar incluídos no OE2019


O primeiro-ministro abriu esta quarta-feira o debate quinzenal a garantir que o Orçamento do Estado para 2019 terá  "um programa de incentivos para todos aqueles que tenham partidos, mais jovens ou menos jovens, mais ou menos qualificados".

Num debate quinzenal de olhos postos no Orçamento do próximo ano, António Costa prometeu uma proposta para melhorar "rendimentos", mas também de incentivos às empresas, com a porta aberta ao "reinvestimento de lucros" e de apoio à inovação.

O discurso do primeiro-ministro começou com um número: 321 mil postos de trabalho, criados na atual Legislatura, sendo que 85 por cento desses postos de trabalho  resultaram em contratos definitivos.

O PSD ouviu e Fernando Negrão, líder parlamentar dos sociais-democratas, lembrou que em 2016 sairam de Portugal 100 mil pessoas, depois de Costa ter dito que o país perdeu uma força de trabalho considerável entre 2011 e 2015. "Uma vergonha", atirou Costa.