Vida

Disse que tinha sido atacada mas na verdade fez uma cirurgia plástica

Uma conhecida figura da oposição indonésia publicou uma fotografia com a cara inchada onde dizia ter sido agredida por três homens

DR  

Ratna Sarumpaet, uma conhecida figura da oposição indonésia, publicou recentemente nas redes sociais uma fotografia onde aparecia de rosto inchado alegando ter sido vítima de uma agressão “politicamente motivada”. No entanto, a agressão era mentira e as lesões no rosto eram resultado de uma cirurgia plástica.

Depois de confessar que o ataque não passou de uma invenção, Sarumpaet foi agora detida por “espalhar falsas informações”.

Na publicação inicial, Sarumpaet, de 69 anos, contou que tinha sido agredida por três homens “por causa da sua atividade política”. A mulher é uma das principais conselheiras do general Prabowo Subianto que é candidato às presidenciais de abril.

A mentira de Sarumpaet provocou grande agitação na Indonésia.