Economia

Aeroportos portugueses registam 43 milhões de passageiros

Em termos globais, os aeroportos VINCI contou com  180 milhões de passageiros num período de 12 meses

DR  

Nos primeiros nove meses do ano, as instalações portuguesas da VINCI Airoports, empresa francesa que detém a ANA, contabilizaram 42,9 milhões de passageiros, o que corresponde a um crescimento de tráfego de 7%.

Segundo dados divulgados pela empresa, "com a popularidade do país como destino de verão para turistas europeus (principalmente espanhóis, franceses e alemães), as companhias aéreas de baixo custo tiveram uma muito boa temporada. A companhia aérea nacional TAP também apresentou um bom desempenho. O aeroporto de Lisboa movimentou mais 2 milhões de passageiros (+ 10,3%) desde o início do ano, em comparação com o mesmo período de 2017".

No terceiro trimestre deste ano, os aeroposto portugueses, 10, registaram a melhor marca na temporada de verão com um aumento de 4,2% face ao mesmo período do ano passado. 

Um crescimento que corresponde ao que aconteceu de uma forma geral de janeiro a setembro nos aeroportos da empresa, que registam um aumento de 6,7% face ao período homólogo - um total de 142,8 milhões de euros. 

No entanto, entre julho e setembro, o aumento foi menor com um total de 51,3 milhões de pessoas que corresponde a um crescimento de apenas 2,8%.

“Excluindo o desempenho do Japão, que foi negativamente afetado por uma sucessão de eventos climáticos excecionais, a taxa de crescimento foi de 6,1%” no terceiro trimestre.