Politica

Verdes criticam remodelação do governo em vésperas de Orçamento do Estado

"As vésperas da entrega e discussão do OE não parece ser o momento mais adequado para remodelações governamentais", defendeu o partido em comunicado

O Partido Ecologista Os Verdes lamentou hoje que a remodelação governamental anunciada ocorra em "vésperas da entrega e discussão" do Orçamento do Estado (OE) para 2019 e pediu "mudanças de políticas".

"As vésperas da entrega e discussão do OE não parece ser o momento mais adequado para remodelações governamentais, tendo em conta a necessidade que o parlamento tem de esmiuçar as diferentes estratégias e rubricas e que o fará agora com ministros que não participaram na elaboração desse documento nas respetivas pastas que agora assumem", declarou o partido em comunicado.

Na nota, lê-se ainda que Os Verdes têm verificado que as mudanças de ministros não têm "correspondido, ao longo dos anos e dos governos, a mudanças de políticas". O partido ecologista lembra que, mais importante do que uma discussão sobre os nomes escolhidos é "garantir um caminho de investimento e de relação da tutela com os seus destinatários que seja dignificante para o desenvolvimento do país.

Recorde-se que a mudança dos ministros da Defesa, da Economia, da Saúde e da Cultura, hoje aceite pelo Presidente da República, é a terceira remodelação em termos ministeriais e a mais abrangente no governo chefiado por António Costa.