Sociedade

MP acusa homem que raptou e violou criança na Amora

Ao arguido são imputados dois crimes de violação agravada e um crime de rapto.


O Ministério Publico (MP) acusou o homem, de 39 anos, suspeito de em setembro ter raptado e violado uma menina de 7 anos na zona da Amora, Seixal.

De acordo com a informação divulgada esta segunda-feira no site oficial da Procuradoria da Comarca de Lisboa, o MP decidiu que o homem vai permanecer em prisão preventiva.

O caso ocorreu no início de setembro, quando o suspeito abordou a criança, de 7 anos, e alegou ser seu familiar para a conduzir a um local isolado e abusar da mesma sexualmente.

Depois de 11 horas desaparecida, a menina foi encontrada por um popular junto ao Estádio Medineira, após ser abandonada pelo homem.

Ao arguido são imputados dois crimes de violação agravada e um crime de rapto.

Os comentários estão desactivados.