Economia

OE 2019. Bebidas alcoólicas sem agravamento, mas tabaco sobe

Já no imposto sobre o tabaco é atualizado o elemento específico da tributação de cigarros, em linha com a inflação

As taxas sobre as bebidas alcoólicas vão manter-se em 2019, face ao que registam atualmente.

No entanto, as taxas mudam para as bebidas açucaradas, passando a existir três escalões. Um para bebidas com teor de açúcar inferior a 25 gramas por litro e que terá uma incidência de 1 cêntimo por cada litro. Já as bebidas com teor entre 25 e 50 gramas terá 6 cêntimos de imposto e as bebidas cujo teor de açúcar seja igual ou superior a 80 gramas é de 20 cêntimos por litro. 

Já no imposto sobre o tabaco é atualizado o elemento específico da tributação de cigarros, em linha com a inflação prevista no cenário macroeconómico que enquadra a proposta de Orçamento: 1,4%.

Isto significa que, o preço a pagar será determinado pelas tabaqueiras, mas fontes do setor apontam para aumentos na ordem dos cêntimos por maço de cigarros.