Desporto

Bruno de Carvalho mantinha contacto direto com as claques e sabia da preparação do 'ataque'

A informação é avançada opor Bruno Jacinto, funcionário do Sporting que está em prisão preventiva

Bruno Jacinto, funcionário do Sporting que está em prisão preventiva no âmbito do ‘ataque’ à Academia de Alcochete, assegurou ao juiz que Bruno de Carvalho, ex-presidente do clube ‘leonino’, era a pessoa que falava diretamente com as claques.

Segundo o correio da manhã, Bruno Jacinto disse ainda ao magistrado do Barreiro que o antigo dirigente do clube de Alvalade mantinha as ligações em alta voz e que terá assistido a algumas delas.

O arguido afirma então que Bruno de Carvalho sabia de toda a preparação do ataque à Academia, no dia 15 de maio.