Politica

Rovisco Duarte. “Que se apurem todas as responsabilidades”

A demissão de Rovisco Duarte foi transmitida em comunicado

O deputado do Bloco de Esquerda João Vasconcelos reagiu à demissão do Chefe de Estado-Maior do Exército considerando que todo processo de Tancos “deve ir até ao fim”.

Sem querer comentar o processo que levou à demissão de Rovisco Duarte, João Vasconcelos sustentou que é preciso que se “apurem todas as responsabilidades”.

No próximo dia 24 de outubro a Assembleia da República vota a proposta de comissão de inquérito e o Bloco de Esquerda não se irá opor, apesar de não concordar com o momento escolhido, tendo em conta que está a decorrer um processo de investigação na justiça.

A demissão de Rovisco Duarte foi transmitida em comunicado onde se pode ler que o “o Senhor General Frederico José Rovisco Duarte pediu, por motivos pessoais, a exoneração do cargo de Chefe do Estado-Maior do Exército”. Apesar de terem sido alegadas razões pessoais,horas antes o líder parlamentar do PS, Carlos César, tinha dito na TSF que “esperava consequências” também nas chefias militares, após a demissão do ministro da Defesa.