Politica

Governo não vê incompatibilidades no casamento de Siza Vieira

Novo ministro da Economia é casado com presidente executiva da Associação de Hotelaria de Portugal. 


O novo ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, tutela a área do turismo - setor no qual a sua melhor está presente, uma vez que dirige a Associação de Hotelaria de Portugal (AHP). No entanto, aos olhos do governo, esta situação “não cria incompatibilidades”.

Cristina Siza Vieira é jurista e é, desde 2010, presidente executiva da AHP. À agência Lusa, fonte oficial do gabinete do novo ministro disse que “Cristina Siza Vieira é funcionária da AHP, que é uma associação privada sem fins lucrativos" e, portanto, não "visa benefícios próprios", e que apenas pretende "defender o coletivo" dos seus associados.

Além disso, a mesma fonte referiu que, por exemplo, quaisquer entradas para financiamentos europeus “têm regras definidas e júris, o que pressupõe escrutínio dos processos”.

Já do lado da AHP, fonte oficial esclareceu que estão afastadas quaisquer possibilidades de "incompatibilidades ou conflitos de interesse", uma vez que Cristina Siza Vieira "desenvolve uma atividade no setor há mais de 20 anos". "A associação não visa o lucro", afirmou a mesma fonte.

Recorde-se que Pedro Siza Vieira - que já fazia parte do executivo como ministro Adjunto - substituiu Manuel Caldeira Cabral na pasta da Economia.