LifeStyle

Professora de Harvard diz que óleo de coco é “veneno puro”

Karin Michels disse que a gordura saturada do óleo de coco pode levar a problemas cardíacos e à subida dos níveis de colesterol

Uma professora Harvard disse durante um debate sobre nutrição, na Alemanha, que óleo de coco é “veneno puro”.

“Devo alertá-los urgentemente acerca do óleo de coco. É um dos piores alimentos que podem comer. Óleo de coco é veneno puro”, disse Karin Michels, investigadora em epidemiologia, citada pelo portal Sciencealert.com.

Desde 2011 que uma grande parte dos especialistas em alimentação considera o óleo de coco é considerado um superalimento com diversos benefícios. As declarações de Karin Michels estão a gerar polémica por dizer precisamente o contrário.

Segundo os especialistas este óleo vegetal tinha propriedades que aumentam a imunidade e ajudam a perder peso.

Karin Michels explicou que a sua posição é justificada pelos extremamente elevados níveis de gordura saturada que pode levar a problemas cardíacos e ao aumento do colesterol.

Também a Associação Americana do Coração veio confirmar que o óleo de coco tem 80% de gordura saturada, um número bastante elevado quando comparado com a manteiga (63%), com a carne vermelha (50%) e com a própria banha de porco (39%).