Politica

Governo escolheu. Marcelo aceitou. Nunes da Fonseca toma posse hoje

O tenente-general José Nunes da Fonseca foi escolhido pelo Governo para substituir Rovisco Duarte no cargo de  Chefe do Estado-Maior do Exército

O Presidente da República já aceitou a proposta do Governo para a nomeação de José Nunes da Fonseca como Chefe do Estado-Maior do Exército, e a tomada de posse está prevista para esta sexta-feira.

Uma nota da Presidência da República informa que Marcelo Rebelo de Sousa já aceitou o nome proposto pelo Governo.

"O Primeiro-Ministro informou o Presidente da República da proposta de nomeação do Senhor General José Nunes da Fonseca como Chefe do Estado-Maior do Exército, a qual aceitou", lê-se na nota.

A tomada de posse está prevista para hoje, às 19h, no Palácio de Belém.

Nunes da Fonseca assumirá assim o cargo de Chefe do Estado-Maior do Exército, deixado vago por Rovisco Duarte, que pediu, esta quarta-feira, a resignação, invocando razões pessoais na carta que enviou ao Presidente da República, mas alegando "circunstâncias políticas" na mensagem dirigida aos militares do Exército.

Sublinhe-se que o pedido de resignação de Rovisco Duarte surgiu apenas dois dias depois da tomada de posse do novo ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, que sucedeu a José Azeredo Lopes, que apresentou a sua demissão, na sequência da polémica de Tancos.