Desporto

Taça de Portugal. Sporting elimina Loures (1-2)

Leões vencem conjunto do Campeonato de Portugal, mas ainda sofreram na fase final do encontro

O Sporting está na quarta eliminatória da Taça de Portugal, depois de vencer por 2-1 na deslocação a Alverca, campo emprestado do Loures, conjunto que compete no Campeonato de Portugal. Bruno Fernandes e Nani fizeram os golos dos leões, que ainda passaram por calafrios na parte final do encontro, onde acabariam mesmo por permitir o golo de Juninho.

O conjunto de José Peseiro apresentou-se em campo com bastantes alterações no onze, como seria de esperar, destacando-se a estreia absoluta do central brasileiro Marcelo, ex-Rio Ave. Sem surpresa, pertenceram aos verde-e-brancos as melhores ocasiões na primeira parte, com Nani, Bruno Fernandes e Jovane Cabral a testar a atenção do guardião Miguel Soares. Num desses lances, já muito perto do intervalo (42 minutos), o guarda-redes do Loures acabaria mesmo por ser apanhado desprevenido por uma bomba de Bruno Fernandes que só parou mesmo no fundo das redes.

O Sporting ia para o intervalo na frente do marcador, e a entrada no segundo tempo foi mesmo à leão, com Jovane a ganhar penálti por falta de Filipe Gaspar. Miguel Soares, porém, negou o bis a Bruno Fernandes com uma belíssima estirada. O Loures, que na primeira parte só havia feito um remate, por Thompson, ainda assustou aos 56', num cabeceamento do lateral-esquerdo chinês Cui, mas viria a sofrer o segundo golo logo no lance seguinte: após uma primeira defesa de Miguel Soares a remate de Jovane, Nani sentou Cui e o guarda-redes e atirou tranquilamente para o 0-2.

A partir daí, os leões tiraram o pé do acelerador, permitindo que o Loures subisse no terreno e fosse impondo o seu jogo - excelente exibição do conjunto dos arredores de Lisboa. Thompson teve duas tentativas na área leonina e aos 81', a grande ocasião do Loures até então: Juninho (filho do brasileiro Mário, herói do... Sporting nas meias-finais da Taça de 1986/87, ao apontar o golo que eliminou o FC Porto e pôs os leões na final) isolou Miguel Oliveira com um passe soberbo, mas o jovem extremo luso permitiu a defesa de Renan, esta noite guardião leonino. Já nos descontos, seria o próprio Juninho a isolar-se; neste caso, todavia, o médio brasileiro não falhou e fez o merecido golo do Loures, espoletando uma enorme festa nas bancadas.

O encontro terminou logo a seguir, com mais sorrisos para os homens da casa do que propriamente para os visitantes. O Sporting volta aos relvados na próxima quinta-feira, com a receção ao Arsenal, a contar para a terceira jornada da fase de grupos da Liga Europa.