Sociedade

Trio de assaltantes em prisão de segurança máxima para evitar uma nova fuga

O trio criminoso fazia parte de um grupo de assaltantes que tinha como principais alvos pessoas idosas, com posses financeiras e a viver sozinhas.

Os três homens que na última quinta-feira fugiram do Tribunal de Instrução Criminal do Porto e que foram detidos no dia seguinte, serão transferidos para a cadeia de segurança de Monsanto, segundo avança o Jornal de Notícias.

Em causa está o risco elevado de fuga.

Segundo uma fonte prisional, citada pelo JN, “os reclusos mais perigosos” são transferidos para as cadeiras de Monsanto e Paços de Ferreira, sendo esta uma “política” dos Serviços Prisionais. Os três suspeitos apresentam “perigosidade” e uma vez que já fugiram uma vez “tentarão novamente”.

Além disso, uma vez que se tratam de “presos já evadidos ou que protagonizaram tentativas”, "são sempre transferidos para Monsanto", onde a "fuga é impossível". Segundo a mesma fonte, os suspeitos serão separados e colocados “em celas individuais”, podendo sair apenas “uma hora por dia”.

Recorde-se que, o trio criminoso fazia parte de um grupo de assaltantes que tinha como principais alvos pessoas idosas, com posses financeiras e a viver sozinhas.