Vida

Mulher assassinada pelo amante, que também era seu cunhado, ao ameaçar revelar a relação | Vídeo

O homem está em prisão preventiva, depois de ter confessado o crime e será julgado em dezembro

DR  

Uma mulher, de 28 anos, foi estrangulada até à morte pelo amante, que era também seu cunhado, depois de ameaçar contar tudo à esposa do homem. O caso aconteceu em julho, mas Michael Stirling confessou agora o crime.

O homicídio, que ocorreu em Badeeley Green, Stoke, no Reino Unido, terá ocorrido depois de Samantha Eastwood dizer ao amante que ia contar à sua esposa que eles mantinham uma relação extraconjugal, mas a história não fica por aqui. Samantha foi durante vários anos namorada e esteve noiva de John Peake, que era irmão de Katie, a mulher do suspeito.

Segundo o ‘The Sun’, quando terminou o relacionamento com John, Samantha quis tornar pública a relação extraconjugal – o que não terá agradado Michael.

Depois de várias discussões, a mulher chegou mesmo a expor que sentia receio aos seus colegas de trabalho.

"Se não aparecer no trabalho, chama a polícia", terá dito Samantha a uma das suas colegas, citada pelo ‘The Sun’.

A 27 de julho, no dia do crime, ao perceber que a mulher estava atrasada para a entrada do turno no trabalho, a colega decidiou chamar a polícia. Samantha foi encontrada posteriormente sem vida, no início de agosto, enterrada num terreno perto da casa do agressor, com várias marcas de estrangulamento.

Michael está em prisão preventiva, depois de ter confessado o crime e será julgado em dezembro.