Sociedade

Universidade do Minho diz adeus a copos de plástico nas máquinas de café

 No total, a instituição prevê “eliminar” 90 mil copos de plástico

Os Serviços de Ação Social da Universidade do Minho (SASUM) anunciaram, esta terça-feira, que todas as máquinas de café dentro do campus vão passar a ter copos de papel como alternativa ao plástico.

Em comunicado enviado à agência Lusa, os SASUM destacam o facto de esta ser uma medida que se insere no Plano Estratégico de Sustentabilidade da própria instituição do ensino superior, que estima que cerca de 90 mil copos sejam “eliminados”, tendo em conta os valores de consumo do ano letivo passado.

"Esta medida vem reforçar o trabalho que os SASUM têm vindo a desenvolver no sentido de mitigar o seu impacto ambiental, procurando adotar comportamentos e ações mais sustentáveis e que promovam a qualidade de vida de toda a comunidade académica", pode ler-se no comunicado.

De acordo com o responsável do departamento da UMinho, Diogo Arezes, "o processo de substituição já está a ser operacionalizado e espera-se que, até ao final do presente mês de outubro, todas as máquinas de venda de café disponibilizem, unicamente, copos de papel".

Medidas como estas já tinham sido implementadas na UMinho. Recorde-se que em abril deste ano, em “todos os bares e unidades alimentares afetas aos Serviços" foram substituídos os copos de plástico por copos de vidro reutilizáveis. Além disso, as palhinhas foram também eliminadas.