Internacional

Revelado relatório de acusação dos suspeito de ataque nos EUA

Sayoc foi detido graças a uma impressão digital num dos pacotes

Foi detido esta sexta-feira um homem suspeito de estar ligado ao envio de pacotes armadilhados a várias figuras relacionadas com o partido democrata e a críticos de Donald Trump. De acordo com o relatório da acusação, a que CNN teve acesso, foi a descoberta de uma impressão digital num dos envelopes que levou à detenção de Cesar Sayoc.

Segundo o mesmo relatório, alguns dos envelopes continham a fotografia do alvo com uma cruz vermelha desenhada por cima.

"[Sayoc enviou] várias correspondências com fotografias do destinatário/alvo marcadas com um 'X' vermelho”, refere o documento, citado pela CNN.

O crime está catalogado como ameaça em comunicações interestaduais.

O suspeito, de 56 anos, está acusado de transporte de explosivos entre estados, envio ilegal de explosivos por correspondência, ameaças a antigos presidentes e outros, ameaça em comunicações interestaduais e agressão a agentes de autoridade federal.

Segundo Jeff Sessions, pocurador-geral dos EUA, a pena de Sayoc pode chegar aos 58 anos de prisão.

Veja aqui o relatório de acusação.