Desporto

20 portugueses em competição

Quinze atletas representam Portugal na Taça da Europa de Triatlo e cinco disputam a Taça do Mundo de Paratriatlo na capital madeirense.

20 portugueses em competição

Duas dezenas de portugueses vão estar em ação no conjunto das duas provas internacionais de triatlo que a Madeira vai receber durante o fim de semana (ver caixa ao lado). Este sábado, na Taça da Europa de Triatlo, Portugal vai estar representado por 15 atletas entre a elite masculina e a feminina (Miguel Arraiolos, Alexandre Nobre, Vasco Vilaça, Rafael Domingos, Ricardo Batista, Pedro Afonso Gaspar, André Dias, João Mansos, José Vieira, Tiago Fonseca, Madalena Almeida, Vera Vilaça, Gabriela Ribeiro, Mariana Vargem e Maria Tomé), e, domingo, na Taça do Mundo de Paratriatlo, vão ser cinco os paratriatletas lusos em prova [José Mendonça (PTS2); Pedro Basílio (PTS3), Emanuel Gonçalves (PTS4), Filipe Marques (PTS5) e Rodolfo Alves (PTVI masc.)]. 

A madeirense Mariana Vargem, de apenas 17 anos, confessou não ter quaisquer expectativas mas garantiu que vai dar o seu melhor. «Como é uma final de Taça da Europa, ainda por cima Elites, é muito mais complicado por isso não venho com uma expectativa muito alta, mas quero fazer o meu melhor. A natação é o meu pior segmento, e sendo o primeiro, tenho que dar logo o meu melhor e tentar sair o mais à frente possível», explicou ao SOL a estudante de 12.º ano de Ciências e Tecnologias. Já Vasco Vilaça tem outras ambições: terminar no grupo da frente embora confesse que esta não seja uma missão fácil tendo em conta o elevado nível competitivo. A viver atualmente na Suécia, o jovem de 18 anos está totalmente focado na modalidade e estreia-se pela primeira vez na prova. «É a primeira vez que participo na Taça da Europa. Quero simplesmente dar o meu melhor como aliás faço em todas as provas. Quero representar a Federação e o país da melhor forma, gostava de ficar no pódio mas é muito difícil», declarou ao SOL. 

Atletas de topo

Além dos portugueses, na prova europeia, destaque para a presença do belga Martel Van Riel, quinto no ranking olímpico para 2020 e sexto classificado nos Jogos Olímpicos do Rio 2016. Também na eliminatória europeia, mas no plano feminino, de notar a participação da ucraniana Yuliya Yelistratova (à esquerda na foto) (38.º classificada nos JO 2016) e vencedora da Taça do Mundo em Salinas, no passado fim de semana, depois de ter sido mãe muito recentemente. A par do belga e da ucraniana, de sublinhar ainda a inscrição de vários triatletas olímpicos, que competem regularmente nas World Triathlon Series (WTS), nos Campeonatos da Europa e do Mundo. 

«Grande nível de competitividade»

Já nos últimos preparativos para estas duas finais internacionais, Vasco Rodrigues, presidente da Federação Portuguesa de Triatlo (FPT) e Victor Rodrigues, presidente da Associação Regional de Triatlo da Madeira (A.R.T.M), falaram sobre os dois eventos na conferência de imprensa realizada esta sexta-feira, no Museu da Eletricidade ‘Casa Luz’, no Funchal. O responsável da FPT sublinhou o «alto nível competitivo» que deverá marcar as duas provas e reforçou a importância, quer para a modalidade quer para a região e para o país, receber eventos de topo de triatlo. Uma opinião partilhada pelo líder da A.R.T.M, principal responsável por todo o processo de preparação destas duas finais internacionais.
 

Os comentários estão desactivados.